<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5923387\x26blogName\x3dO+Zarolho\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://ozarolho.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://ozarolho.blogspot.com/\x26vt\x3d-6282572656080944474', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

O Zarolho

31 maio 2006

Anda um gajo a tentar inventar coisas para ter piada quando de repente aparece aquela notícia verdadeira que todos os humoristas e aspirantes a gajos engraçados queriam ter escrito. Roam-se de inveja Gato Fedorento.

Pedófilos vão criar partido político

Os pedófilos holandeses vão criar um partido para forçar as autoridades a permitir as relações sexuais aos 12 anos -actualmente a idade mínima é de 16 anos - bem como a posse de pornografia e o sexo com animais.
Entendem que os jovens a partir dos 16 anos deviam ser autorizados a participar em filmes pornográficos e a prostituir-se e as pessoas deviam poder andar nuas na rua.
«Vamos despertar o país», pode ler-se no site do Partido da Caridade, Liberdade e Diversidade (PCLD) que pretende registar-se ainda esta quarta-feira, refere o «Correio da Manhã».


É sabido que os governantes Portugueses admiram as políticas dos Países Nórdicos e que elas deviam ser um modelo para Portugal.

Escusado será dizer que os debates no Parlamento seriam bastante animados entre os Jotas dos outros partidos e estes novos dePutados. Acho que se ia começar a jogar à apanhada e às escondidas e aos índios e cowboys na sala do Plenário.

Seria mais ou menos assim:

"Sr. Presidente da Assembleia, Senhoras deputadas, Senhores deputados, meninas e meninos: 1,2,3, aí vou eu! João Almeida, tás tu."

posted by Dimitri Apalpamos @ 10:24 da tarde,




15 maio 2006

Tenham maneiras

Hoje quero-vos falar de etiqueta. Mais especificamente de etiqueta à mesa.

Descobri que boas maneiras à mesa podem ser úteis no futuro. Sem boas maneiras, nunca se poderá ter um emprego prestigiante, como por exemplo deputado ou árbitro.
Imaginem um suponhamos. Dois indivíduos saídos há pouco tempo da faculdade estão num almoço com os possíveis patrões e chefes tipo entrevista de emprego, no Gambrinus. Vamos chamar-lhes “António” e “Manuel”. Durante a refeição, o “António” tem um comportamento exemplar enquanto que o “Manuel”, come de boca aberta, limpa a boca à toalha e usa o garfo de sobremesa para limpar as unhas. Qual dos dois ficará com o emprego?
Nenhum, porque esta empresa não contrata pessoas com o nome entre aspas. Mas de qualquer modo soube que ficaram mais impressionados com o “António”.

Vou vos dar outro exemplo. O professor Freitas do Amaral. Ele tem dos cargos mais importantes da Nação. O seu segredo? Excelentes maneiras à mesa, que ele usa para influenciar os seus colegas de profissão nos almoços e jantares de Estado. Todos nós Portugueses, lucramos com o facto do nosso Ministro dos Negócios Estrangeiros saber colocar o guardanapo no colo e para quê que cada copo serve.

O meu sucesso profissional também melhorou desde que passei a ter mais etiqueta nas minhas reuniões de trabalho. Eu agora digo sempre boa tarde ao senhor do Drive-in e ao outro rapaz que vai entregar as pizzas. E se por acaso me entregam a pizza quente, digo sempre obrigado. Com toda esta etiqueta uma vez consegui que me oferecessem um pacote de ketchup a mais.

Mas as regras da etiqueta podem ser traiçoeiras. Imaginemos que estão num jantar formal e se deparam com um prato, três jogos de talheres e um serviço de copos à vossa frente. Que garfo devo usar, perguntam vocês? E eu respondo, o mais limpo! Com a mão esquerda, com apenas dois dedos, levantem o garfo até ao nível dos ombros a aproximadamente 15 cm dos olhos, procurem por vestígios de comida ressequida e, caso vejam alguma coisa, sem chamar as atenções, substituam pelo garfo da pessoa que está imediatamente sentada ao lado.

Ainda outro exemplo. Se estiverem a comer com o D. Duarte, não devem começar a comer antes dele. Mas é preciso que estejam muito atentos porque ás vezes, ele por ser muito brincalhão, faz o movimento de que vai levar o garfo à boca e depois não leva. No último jantar, soube que ele conseguiu fazer essa partida umas dez vezes seguidas ao seu primo Sá Pinto. Um aparte. Como todos os reis, tabém este tem um cognome. D. Duagte, o magoto.

Tenham pois, cuidado com as regras de etiqueta, porque como podem ver, pode-vos ajudar a ser sucedidos no vosso futuro. Ah, e nunca é demais lembrar, não metam a pastilha num guardanapo e metam no bolso. Colem-na antes debaixo da mesa ou da cadeira.

posted by Dimitri Apalpamos @ 5:17 da tarde,




11 maio 2006


O retrato "Dora Maar au chat" de Picasso foi vendido por 95 milhões de dólares pela Sotheby's em Nova Iorque

Os especialistas dizem que podia ter atingido um valor mais alto se estivesse melhor desenhado.

posted by Dimitri Apalpamos @ 5:16 da tarde,




“Suicídios ultrapassaram os 30 mil no Japão”

Com os devidos incentivos do Estado Português também nós podíamos resolver a questão da sustentabilidade da Segurança Social.

posted by Dimitri Apalpamos @ 5:06 da tarde,




08 maio 2006

Estavam à espera de quê? Da meia-maratona?

Terem dado com aquilo já foi uma sorte.

A primeira marcha pela legalização da marijuana em Portugal começou sentada e tardou a arrancar, com a maior parte dos que se concentraram sexta-feira à noite no Largo Camões, Lisboa, a preferirem ficar por aí.

posted by Dimitri Apalpamos @ 11:07 da manhã,