<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5923387\x26blogName\x3dO+Zarolho\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://ozarolho.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://ozarolho.blogspot.com/\x26vt\x3d-6282572656080944474', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

O Zarolho

14 setembro 2007

Air Vaticano – Uma viagem dos diabos!

O Vaticano abriu a sua própria companhia aérea. Tudo bem, não tenho nada contra nem a favor. Segundo os especialistas até há um crescente número de turistas religiosos e há que aproveitar o “nicho de mercado” (conversa técnica).
Mas a empresa começa logo mal. Primeiro o nome que escolheram – Mistral. Não ficava melhor algo como Air Vaticano?
De qualquer modo uma companhia aérea assim é capaz de revolucionar as viagens no Mundo e mais especificamente o conceito de baptismo de voo.

O slogan que escolheram não podia ser mais fraco: "Procuro o teu rosto Senhor". Mas só nos lugares à janela, aposto.
Eu optaria por um slogan diferente:
“Viaje confortavelmente até ao Céu.” Ou “Air Vaticano – A viagem da sua vida!”

Mas temos que ver as coisas pelo prisma correcto e perceber que a Air Vaticano não deixa de ser uma lowcost e mercado é mercado e a concorrência não dorme. Uma das suas concorrentes acusou o toque com uma das frases mais engraçadas dos últimos tempos – “RyanAir already performs miracles that even the Pope’s Boss can’t rival, by delivering pilgrims to Santiago de Compostela for the heavenly price of 10 euros”. Hehehe boa!

Começando a viagem ainda em terra... Passa-se o Check In, onde relembram que a água benta tem que ir no Porão, para não acontecer como há uns dias em que confiscaram a santa água aos peregrinos. Depois, como será na passagem pela porta do detector de metais? Podia estar um guarda vestido de S. Pedro para criar ambiente – “Bem-vindo, ponha os objectos metálicos na travessa e as moedas na caixa de esmolas sff.”

E as hospedeiras? Serão Irmãs? Serão Freiras. Só um parêntesis ( qual é a diferença entre irmãs e freiras?) . E de que Ordem? As Carmelitas não devem ser porque andam descalças e no avião não deve ser permitido andarem nesses propósitos. Imagino que estas hospedeiras para além de explicarem onde são as saídas de Emergência, como usar as máscaras de oxigénio, também indiquem a localização do rosário e o modo seguro de rezar com o cinto posto. Mas intriga-me uma coisa... será que obrigam a fazer uma oração antes de começar a comer. E quem não souber rezar? Não come?
Nestes voos e em caso de queda eminente deve haver um padre para dar a extrema-unção e absolver toda a gente dos pecados. E para o efeito, as casas de banho servirão para confissões.
Será que os pilotos são padres? Se forem não é aconselhável deixarem os filhos fazer aquela habitual visita à cabine de pilotagem. Agora as portas são insonorizadas e só abrem por dentro...

É pois uma boa ideia criar uma ponte aérea entre as capitais católicas da Europa, ao mesmo tempo promovendo o catolicismo com asas mas a grande ironia disto tudo é que esta companhia, por mais abençoada que seja, vai continuar a perder as malas e a fazer da vida dos crentes um verdadeiro Inferno. Mas não faz mal. Tem sempre a viagem de volta por apenas 10 euros.

posted by Dimitri Apalpamos @ 4:18 da tarde,