<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5923387\x26blogName\x3dO+Zarolho\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://ozarolho.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://ozarolho.blogspot.com/\x26vt\x3d-6282572656080944474', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

O Zarolho

11 junho 2007






















Portugal profundo agradado com decisão do Governo em oferecer computadores a baixos custos.

“É bom porque há muita especulação nos preços dos galinheiros” – dizem os criadores.

posted by Dimitri Apalpamos @ 4:20 da tarde,

























Governo quer reduzir lista de espera de cirurgia para 5 meses.

Estão já a ser tomadas todas as medidas para formar mais cirurgiões.

posted by Dimitri Apalpamos @ 4:12 da tarde,




08 junho 2007

Este anúncio é vos apresentado pelo Telejornal.

Não sei se estou sozinho nisto que vou dizer, mas quantas vezes ouviram nos últimos tempos “É pá, por acaso viste aquele anúncio onde o...” e ficaram completamente às aranhas sem saber o que dizer?
Até agora, evitar a televisão era uma coisa que não me custava. Ninguém se importava se eu sabia o que o Sinhôzinho Malta tinha dito à Porcina ou quem tinha sido o convidado do Fialho Gouveia no Zip Zip. Mas agora os anúncios estão na berra e quando toda a gente fala deles, faço figura de Neandertal.

Vou usar esta expressão, mas só desta vez:
No meu tempo. Ah.....um dia tinha que dizer isto....No meu tempo, a televisão atraía e unia famílias através dos seus programas. Lembro-me de algumas séries como o Dallas ou o Zé Gato dominarem as conversas. Bem não me lembro porque não sou assim tão velho, mas se fosse lembrar-me-ia. Agora, são os anúncios os reis da grelha de programação e dos temas de conversa por todo o Portugal. É verdade que os anúncios passaram a ter piada. Contrataram os mais famosos comediantes para promover marcas e funcionou. Acho até que são as únicas coisas que a população vê. Chega até a tornar-se chato quando metem um programa cultural ou outro pelo meio e estragam tudo. Tirando a Floribela e os Morangos com Açúcar, claro. Nestes dois os anúncios entram pelo programa adentro e vice-versa. Acho até que a Alta autoridade para a Comunicação Social devia estar atenta para não permitir programas que não façam alusões a marcas.
Tem piada as marcas...Antigamente sabia-se que produto as marcas anunciavam. Agora sabe-se quem entra no anúncio. O produto..hã? Há um produto? Ah já me lembro aquela coisa que interrompe o que o Ricardo Araújo Pereira e o Bruno Nogueira estavam a dizer.
Chegámos a um ponto em que já se enviam e-mails com anúncios. Passámos a fazer o trabalho pelas marcas. Se as marcas fossem inteligentes passavam a enviar os seus anúncios através de “chain letters”. Seria uma coisa assim do género:
Envie este anúncio para dez amigos e terá muita sorte. O último que não fez isto acabou por ir ao Montepio abrir uma conta e ao Millenium pedir um empréstimo.

Tenho que confessar. Eu também gosto de um bom anúncio, mas não deixa de ser perturbador quando começam a ser uma forma de arte mais vibrante do que o programa que patrocinam. E como eu adoro aqueles que passam nos intervalos do Hora H.

posted by Dimitri Apalpamos @ 12:14 da tarde,




05 junho 2007

Anúncio Zarolho

posted by Dimitri Apalpamos @ 4:17 da tarde,