<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5923387\x26blogName\x3dO+Zarolho\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://ozarolho.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://ozarolho.blogspot.com/\x26vt\x3d-6282572656080944474', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

O Zarolho

30 setembro 2004

Ranking actualizado dos meus ódios de estimação

1º - Polícia Municipal - O seu desejo de serem uma força policial fá-los actuar com demasiada prepotência, a lembrar tempos passados. Como se diz, são mais papistas que o Papa.

2º - Nacional Benfiquismo - Embora tenham caído do poleiro à muito tempo, odeio a cagança com que (tal qual aquela banda que nunca parou de tocar mesmo durante o mergulho do Titanic) se acham os maiores...

3º - Os gajos que insistentemente dizem mal da Função Pública - Eh raça mais chata! "Haviam de trabalhar como eu..." e tal... - Percebam duas coisas: O "Estado" não existe para competir com o "Privado" porque isto não é uma corrida! O "Estado" cumpre as leis de trabalho que todos aprovamos.

4º - Os mirones - Somos um País Voyeur! Não pode haver um acidente na estrada, um programa com câmaras indiscretas, umas palavrinhas off the record , que de certeza que tá lá um representante desta estirpe. Viram agora a romaria de tontos que foi lá para a terra da miúda que desapareceu? A frase: "Eu nem sou de cá. Só vim cá,( na sua melhor roupa de Domingo) para ver..." é a melhor!
A seguir nunca viram, ouviram, fizeram....

5º - Os gajos da faixa do meio - Mas o que é que se passa com estes gajos que têm de conduzir no meio da estrada? Não percebem que fodem o trânsito todo?

Queria deixar uma palavra de parabéns à vossa GNR, que conseguiu sair deste top 5. Não estranhem o facto do Senhor Lopes e do Sr. Portas estarem de fora desta lista mas serem incontinentes mentais coloca-os noutra dimensão de ódio....

posted by Dimitri Apalpamos @ 11:05 da manhã,




Chelsea - FC Porto

Gostei muito do equipamento azul mourinho que o FCP levou.

posted by Dimitri Apalpamos @ 10:56 da manhã,




29 setembro 2004

O Pitéu da semana


Vilita
Esta beldade de 20 anos vem da Lituânia. Quer continuar a ser modelo fotográfico de modo a poder pagar os seus estudos nos Estados Unidos em Design de Moda, mas o seu sonho é muito mais simples: Casar com alguém que realmente ame e ir viver para uma Quinta lá para o interior da Lituânia.;)
Quem a conhece, diz que Vilita é uma rapariga reservada e misteriosa. Gosta de ser surpreendida a meio da noite, tipo pedrinha na janela de casa dos pais(sim, ainda vive com os velhotes), e ser convidada para um piquenique, fora de horas, no campo. Enfim mais uma sonhadora!
Vilita é considerada pelos fotógrafos da moda, como uma das melhores modelos da Europa de Leste. Apesar de estar a estudar Gestão, mantém-se a trabalhar com Petter Hegre tanto como modelo, como assistente de fotografia.
Santa Lituânia!!!!!!

posted by Dimitri Apalpamos @ 1:11 da tarde,




27 setembro 2004

Digam lá se não é boa ideia?

Tive uma ideia. Pôr cartazes com as fotografias do Santana Lopes e do Paulo Portas por aí nas paredes. Em cada um pôr um cordel atado a uma caneta para permitir às pessoas que os decorem à vontade. Arte, meus amigos....arte...

posted by Dimitri Apalpamos @ 3:01 da tarde,




Custos de Formação

Acho que o José Sócrates está para a JSD, como o Simão está para o Sporting.
Será que o PSD vai reenvidicar uma indemnização pela sua formação?

posted by Dimitri Apalpamos @ 11:11 da manhã,




24 setembro 2004

Os Fórums

Já participaram em fórums? São ridículos! O que me leva a colocar esta questão:

Quantos membros dos fórums são precisos para mudar uma lâmpada?

1 para mudar a lâmpada e postar que a dita foi mudada;
14 para partilhar experiências de como mudar lâmpadas e de como a lâmpada poderia ter sido mudada de modo diferente;
7 para apontar os perigos de mudar uma lâmpada;
3 para apontar erros ortográficos ou gramaticais nos posts sobre mudar lâmpadas;
6 para discutir se é melhor uma lâmpada de 100W ou de 80W...mais 6 para insultar estes últimos;
2 engenheiros industriais para informar que as lâmpadas de halogénio são melhores;
15 espertalhões que estiveram por alguma razão ligados à indústria das lâmpadas e que acham que as lâmpadas de 80W servem perfeitamente;
19 para defender que aquele fórum não é sobre lâmpadas e que deveriam ir discutir isso paraum fórum de lâmpadas;
11 para defender que visto que todos precisamos de lâmpadas, é relevante abordar esse assunto neste fórum;
36 para debater qual o melhor sítio para comprar lâmpadas e a melhor marca;
7 para mostrar moradas de sítios que mostrem exemplos de lâmpadas;
3 para corrigir estes links;
4 para dizer que vão sair do forum, visto que estão fartos desta controvérsia;
5 para questionar se este tema não teria já sido debatido;
13 para dizer para se fazer uma procura no Google sobre lâmpadas antes de colocar qustões sobre lâmpadas;
1 para responder ao post original passado 6 meses e começar tudo de novo;

posted by Dimitri Apalpamos @ 3:24 da tarde,




Pensamento do dia

"Este governo não cairá porque não é um edifício, sairá com benzina porque é uma nódoa."

(Eça de Queirós)

Santana Lopes, embora seja o candidato natural do PSD para 1º Ministro, nem mesmo com coligações, conseguirá lá chegar. Não atribuo mérito nenhum à oposição.
É hoje que começam as eleições para Secretário Geral do PS. Delas, sairá o mais que provável 1º Ministro. Fico apreensivo pelo facto de apenas meia dúzia de gatos pingados terem na mão os destinos de Portugal.

posted by Dimitri Apalpamos @ 10:49 da manhã,




23 setembro 2004

O Zarolho diverte os seus amigos com mais uma tirada jocosa

Três bichas morreram e iam ser cremadas. Os seus amantes foram todos juntos à cerimónia do funeral e estavam a falar do destino que dariam às cinzas dos seus amados. O primeiro disse: "O meu Paulinho adorava voar por isso vou espalhar as cinzas dele, de um avião, pelo céu." O segundo:"O meu António Maria era um pescador! Vou espalhar as cinzas dele pelo mar."
O terceiro disse:" O meu Carlos era um amante tão bom, que vou espalhar as cinzas dele em cima de um prato de caril, só para ele poder rebentar com o meu cú todo, mais uma vez."

posted by Dimitri Apalpamos @ 1:09 da tarde,




22 setembro 2004

Dia europeu sem carros

Os professores hoje têm de ir a pé ver as colocações feitas à mão.

posted by Dimitri Apalpamos @ 4:48 da tarde,




O pitéu da semana


Sabrina Ferilli
Altura: 170 cm, Peso: 53 Kg, Medidas: 94-60-94.
Nasceu a 28 de Junho de 1964, em Itália. Filha de uma dona de casa e de um membro do Partido Comunista, desde cedo descobriu que queria ser actriz e nunca desistiu apesar das suas primeiras tentativas falhadas.
Com uma carreira com quinze anos, ligada à televisão e moda, também conseguiu marcar o cinema italiano sendo considerada a Sofia Loren da sua geração. Antes da sua afirmação no filme de 1991, Americano Rosso, Sabrina já tinha participado em outros filmes. Para além disso continua a fazer as delícias de muitos homens com as suas fotografias de calendário.
Uma das paixões de Sabrina é o futebol e os adeptos do AS Roma têm razões para gostar dela mais ainda. É que a actriz, prometeu um strip público se a Roma ganhasse o Scudeto.
Sabrina tem ainda a honra de se sentar no Conselho de Direcção do seu clube.
Mulheres e futebol....

posted by Dimitri Apalpamos @ 11:31 da manhã,




21 setembro 2004

A história dos três porquinhos (versão politicamente correcta)

Era uma vez três porquinhos que viviam juntos em respeito mútuo e harmonia com o ambiente. Usando materiais inofensivos para o meio ambiente, cada um construíu a sua casa. Um porquinho, construíu uma casinha de palha, outro construíu uma de madeira e o outro, uma de tijolo. Quando acabaram, os porquinhos, estavam muito satisfeitos com o seu trabalho e decidiram viver em paz.
Mas o paraíso que criaram estava prestes a desmoronar-se. Houve um dia, em que um lobo mau veio com uma quantidade de ideias expansionistas. Quando os porcos viram o lobo, fugiram cada um para sua casa. O lobo correu para a porta e gritou: "Ó porquinhos, deixem-me entrar!"
"- As tuas técnicas de guerrilha urbana, não amedrontam porcos que defendem as suas casas e cultura."
O lobo passou-se e começou a soprar até deitar por terra a casa de palha. Os porquinhos fugiram para a casa de madeira com o lobo na peugada.
Onde a casa de palha estava, outros lobos vieram, compraram a terra e começaram uma plantação de bananas.
À porta da casa de madeira o lobo gritou a mesma coisa: "Ó porquinhos, deixem-me entrar!"
Responderam em coro: "Vai-te embora, seu carnívoro, seu...seu...opressor imperialista!"
Neste momento exacto, o lobo fez uma pausa para reflectir e ser um bocadinho condescendente. Pensou para ele mesmo, "São mesmo infantis estes porquinhos. Será uma pena vê-los a desaparecer, mas o progresso não pode ser interrompido!"
Então o lobo soprou e deitou abaixo a casa de madeira. Os porquinhos fugiram para a casa de tijolo, com o lobo a correr atrás deles. Onde era a casa de madeira, os outros lobos construíram um condomínio privado de luxo para férias de outros ursos. Cada apartamento era uma reconstrução em fibra de vidro da casa de madeira e tinha um complexo comercial com montes de lojas de recordações.
À porta da casa de tijolo, o lobo mau bateu: "Ó porquinhos, deixem-me entrar!"
Desta vez, como resposta, os porquinhos escreveram canções de solidariedade e escreveram cartas para as Nações Unidas.
O lobo começou a ficar irritado com a recusa dos porcos em ver a situação do ponto de vista carnívoro. Então, começou a soprar e a soprar e agarrou-se ao peito caíndo de seguida redondo no chão, morto, com um ataque cardíaco, fruto de uma alimentação à base de gorduras.
Os três porquinhos, rejubilaram pelo facto da justiça ter triunfado, e fizeram uma pequena festa. O próximo passo era libertar a sua terra. Juntaram-se com outros porcos que também tinham sido forçados a sair das suas terras. A nova brigada de porquinistas, atacou o complexo habitacional com metralhadoras e lança-rockets e dizimou os lobos opressores, enviando um sinal claro para o resto do hemisfério, para não se meterem nos seus assuntos internos. Então, os porcos implementaram um sistema social democrata com educação grátis, saúde paga e casas a preços acessíveis para todos.

Nota: Os lobos nesta história são construções metafóricas. Nenhum lobo foi prejudicado ou ferido durante a escrita desta história.

posted by Dimitri Apalpamos @ 2:06 da tarde,




20 setembro 2004

Mensagem ao treinador do Sporting:

TINGA-ME ESSE GAJO DO JOGO!

posted by Dimitri Apalpamos @ 11:45 da tarde,




17 setembro 2004

FORÇA! FORÇA!

Ontem estive em Alvalade, na cerimónia de abertura dos Jogos Paraolímpicos. Festa bonita!

Sabiam que Portugal, nos últimos Jogos, conseguiu 15 medalhas, 6 de Ouro, 5 de Prata e 4 de Bronze?
E, só os atletas com deficiência visual conquistaram 9 medalhas, do total das 15 ganhas pela Delegação Portuguesa, sendo 5 de ouro, 2 de prata e 2 de bronze.
Quer isto dizer que temos dos melhores Zarolhos do Mundo.

Agora a sério, espero sinceramente que os atletas Portugueses consigam atingir todos os objectivos a que se propôem, e que se possível os superem!

posted by Dimitri Apalpamos @ 1:34 da tarde,




Sou Zarolho, né?




















.

posted by Dimitri Apalpamos @ 11:34 da manhã,




Menos de metade das escolas abriram ontem Portas, diz o Público

O Ministro da Defesa...nãããã....era uma piada demasiado fácil....

posted by Dimitri Apalpamos @ 11:12 da manhã,




15 setembro 2004

Supremo Tribunal Sorteia Hoje 120 Processos

Para se inscrever, e ganhar um destes maravilhosos prémios, basta enviar um SMS para o número 3131 e escrever "Fofo...da-se".

posted by Dimitri Apalpamos @ 10:53 da manhã,




Dia Europeu sem Carros

-Tou? Seu Presidente?
-Sim, diga.
-Olhe, tá ao telefone aquela senhora da Comissão Europeia para o Ambiente, por causa do dia sem carros....
-Diga-lhe que ...Ó Zé? O Marquês já tá bom?....Tou?... Sim....Diga-lhe que em Lisboa está tudo pronto!

posted by Dimitri Apalpamos @ 10:44 da manhã,




14 setembro 2004

O pitéu da semana


Tem 27 anos, 1.74cm de altura,95cm de busto, 65cm de cintura e 96cm de ancas. É uma das modelos mais famosas de Itália. Estrela da TV e cinema italianos bem como, sempre em trajes menores ou nem isso, posa para calendários eróticos.
Agora, Manuela Arcuri tornou-se também protagonista de um fenómeno económico que já recebeu a devida alcunha dos especialistas, o "Efeito Arcuri":
Um levantamento feito pelo Instituto de Estudos Interdisciplinares constatou que a produtividade dos funcionários que possuem a beldade em seus PCs cai de forma avassaladora, ficando em apenas 58% da média. Para dissipar as dúvidas, o instituto pesquisou outras figuras femininas que concorrem com Manuela, e praticamente não encontrou diferenças substanciais no rendimento dos respectivos admiradores.

posted by Dimitri Apalpamos @ 9:45 da manhã,




13 setembro 2004

Revista "Playboy" Publica Nus de Personagens de Jogos de Vídeo

Oh sim! Com eu sempre desejei ver a Mrs. Pacman nua!

posted by Dimitri Apalpamos @ 10:41 da tarde,




efeitos secundários

Soube que o Bill Clinton fez um bypass quádruplo. Os médicos disseram que esta operação preveniu um súbito ataque cardíaco.
Um amigo revelou, que Bill foi vítima da falta de informação no rótulo de um medicamento. Segundo ele, a overdose de Viagra, foi devida ao facto de os efeitos secundários estarem em letras muito pequenas.

posted by Dimitri Apalpamos @ 1:14 da tarde,




11 setembro 2004

Queres ver que é verdade?




















Li no Expresso que George W. Bush descende de D. Urraca, "mãe do fundador de Portugal"!

posted by Dimitri Apalpamos @ 7:30 da tarde,




O lugar do morto

De quem é o lugar de co-piloto no vosso carro?
O meu carro, funciona como os estádios de futebol- tem lugares cativos.
O do Condutor é meu, naturalmente. O do pendura é da minha Mulher. Os detrás são de quem os apanhar!
Mas....e se por acaso convidam por exemplo...os vossos tios para vir no carro? Só até ali ao café. E se por acaso o vosso tio se dirige para o lugar do morto?
Esta é uma tormenta para qualquer condutor que queira fazer uma viagem, por pequena que seja, descansado.
Se por acaso "deixo" o meu tio ir á frente, levo com as reenvidicações femininistas na volta para casa.
É que não vou virar-me para o homem e dizer: " Não se importa de ir lá atrás? Esse lugar é da minha mulher. Sabe, é que vivemos numa sociedade em que que as mulheres têm os mesmos direitos que os homens."
Acusam-me logo de querer separar os homens das mulheres- "funcionar à antiga". Como se carregasse num botão e um vidro fumado á prova de som se erguesse entre bancos.
Pergunta: Mas qual é o mal de se falar de bola nos lugares da frente e novel....sei lá o que é que elas falam, no banco de trás? Misturar conversas é muito mais perigoso!
Por isso, para evitar confusões conjugais, defendo que os carros a partir de hoje tenham três a quatro lugares à frente!

posted by Dimitri Apalpamos @ 6:12 da tarde,




10 setembro 2004

O casamento

Este é mais um mito urbano, apresentado pelo vosso animador de serviço, Dimitri Apalpamos:

Pelas minhas pesquisas, já o conheço em 3 línguas diferentes. Portanto...esta é uma história verdadeira sobre um casamento na conadamãestreet. Um casamento grande- 300 pessoas! Depois dos comes e bebes, o noivo, saltou para o palco e agarrou o microfone. Agradeceu especialmente à noiva e à sua família e em particular ao sogro, por lhe ter proporcionado uma festa tão espectacular.
No meio de tantos agradecimentos, bate-palmas e bate-noscopos, o noivo disse que queria oferecer um presente especial a cada um dos convidados.
pausa - Os que ainda pensam que o gajo vai oferecer charutos, pode continuar a ler. Os que já conhecem a história, passem ao final do post.
Continuando- Então, colado ao tampo das cadeiras estava...tanãnãnã...um envelope!
Pediu para abrirem, e, lá dentro, estavam umas fotografias de noiva a copular com o padrinho( As histórias aqui variam. Uns dizem que era o padrinho do noivo, outros que era o irmão, etc...).
Após uns momentos de preplexidade colectiva, interrompeu o silêncio para se virar para o sacana que o encornou: "vai à merda!", e saíu porta fora.
O casamento foi anulado no dia a seguir.
Moral: Se muitos cancelariam o casamento mal soubessem, este anormal teve o sangue frio para aguentar até ao fim como se nada fosse!
A sua vingança: Fazer o pai da noiva pagar uma batelada de dinheiro por um casamento de 300 pessoas. Ao preço de hoje, à vontade uns 6 mil contos.Ah! E humilhar a noiva á frente dos amigos e família!

Isto dava um anúncio:

Casamento de luxo para 300 pessoas..................€30000
Fotografias formato 12x9, cortesia do noivo.......€250
Lua de mel de duas semanas nas Maldivas.........€8000
A cara das pessoas a ver as fotografias.................sem preço

Há algumas coisas que o dinheiro não pode comprar, para tudo o resto....há MASTERCARD

posted by Dimitri Apalpamos @ 2:51 da manhã,




09 setembro 2004

>
WARNING
O Zarolho is radioactive. Wear protective clothing at all times.

Username:

From Go-Quiz.com

posted by Dimitri Apalpamos @ 9:03 da tarde,




Quando eu era da tua idade

Quando era miúdo, os adultos costumavam chatear-me com as suas conversas sobre como as coisas, no tempo deles, quando eram miúdos, eram muito difíceis. Que tinham que andar dez quilómetros todas as manhãs para irem para a escola, Verão ou Inverno, com a mochila às costas, para terem aulas numa única sala sem aquecimento, onde tiravam as melhores notas, independentemente do trabalho que tinham na fábrica de enchidos, a ganhar 2 tostões, para ajudar a família a não passar fome.

E eu prometi a mim mesmo, que quando crescesse, nunca iria dar secas às crianças sobre como foi difícil para mim e fácil para eles.

Mas agora que estou prestes a atingir a bela idade de 28, não posso deixar de reparar na juventude de hoje em dia. Vocês têm tudo numa bandeja! Isto quer dizer, comparado com aquilo que eu tive, vocês vivem numa Utopia. E desculpem ter de vos dizer, mas vocês não sabem a sorte que têm.

Quer dizer, quando era puto, não havia Internet. queríamos saber alguma coisa e tínhamos que ir à porcaria da livraria e procurar. E não havia e-mail! Tínhamos mesmo que escrever...com uma caneta e tudo! E a seguir tínhamos que andar até ao posto de correio mais perto e esperar uma semana para a carta chegar lá.

E não havia cá os Kazaas, E-mules ou Napsters! Se quisessemos roubar música tínhamos mesmo que ir à loja e roubar mesmo os Discos. E quando queríamos gravar as músicas da rádio para cassete, esperávamos um dia inteiro para a música dar e a seguir o DJ falava sempre a meio da música.

Mas querem saber qual é a cena mais dura? Não podíamos fazer downloads de pornografia! Se quisesses ver mamas, tinhas de pedir a alguém para te ir comprar ao quiosque a Gina. Era isso ou bater umas à pala do catálogo de lingerie. Só havia estas opções!

Não havia as Playstations, nem jogos de alta resolução com gráficos tridimensionais. Nós tínhamos o 48 K , com jogos tipo Space Invaders, Arkanoid. Os gráficos eram uma bela merda. Se quisessemos, usávamos a imaginação. E não havia cá níveis. Era apenas um nível. Que não tinha fim! Aliás nunca podíamos ganhar. O jogo ficava cada vez mais difícil e mais rápido até morrermos.

Tínhamos dois canais de televisão. E não havia teletexto nem canal 21. Se quisesses saber o que raio ia dar, ias à TvGuia, uma revista.

Desenhos animados? Agora têm dois ou três canais 24 horas. No meu tempo? Sábado de manhã e, e..já era bom. Aos Domingos era só um bocadinho e a seguir gramavas com o 7x7 e a Eucaristia Dominical!

VocÊs são uns mimados. Têm tudo! Vocês não se aguentariam nem cinco minutos em 1984!

posted by Dimitri Apalpamos @ 10:37 da manhã,




07 setembro 2004

Portugal tem quase um milhão de analfabetos

Portugal é o país da Europa com maior percentagem de pessoas que não sabem ler nem escrever. Ainda assim, nos últimos 30 anos, o analfabetismo diminuiu 17 por cento, segundo os dados do CENSOS de 2001.

São muitos....o que eu não sabia é que se juntavam todos no mesmo sítio.

posted by Dimitri Apalpamos @ 1:19 da tarde,




O Pitéu da semana

O nome completo da actriz é Juliana Couto Paes. Ela nasceu em Rio Bonito, um cidade no interior do Rio de Janeiro (RJ). É descendente de índios e negros.
O primeiro trabalho de Juliana, aos 12 anos, foi como modelo fotográfico de encartes publicitários. Ela também trabalhou como recepcionista de eventos.
Juliana usou seu primeiro salário como actriz para pagar sua faculdade de publicidade, que estava com um ano de mensalidades atrasadas. O papel que lhe possibilitou quitar a dívida foi a doméstica Ritinha, da novela Laços de Família (2000). Depois, vivendo a suburbana Karla, Juliana Paes protagonizou tórridas cenas de amor, na novela O Clone (2001).
No início do ano, protagonizou uma mulher misteriosa, coberta de véus, na minissérie A Casa das Sete Mulheres. Agora, a actriz volta a mostrar-se na novela da TV Globo, Celebridade. Após o final da novela, ela só quer descansar e participar num filme.
Em Maio deste ano despiu-se para a Playboy, após quatro meses de intensa negociação.

Nome completo: Juliana Couto Paes
Data e local de nascimento: 26 de Março de 1979, na cidade do Rio de Janeiro
Altura e peso: 1,70m e 53 kg
Idade: 25 anos

posted by Dimitri Apalpamos @ 11:29 da manhã,




Como é que se chama uma mulher da Letónia?

Nos últimos anos, a afluência feminina aos estádios de futebol, aumentou e a menina Svetlana foi o estandarte dessa vontade.
Provocou, com isso uma revolução no futebol moderno( ouso mesmo apelidá-la de A Bosman desta década). Interrompeu docemente o jogo Letónia-Portugal e realizou os sonhos de muitos homens que habitualmente vão ao futebol- principalmente cá em Portugal.
Espero que esta atitude não caia em saco roto, e abra bastantes precedentes nos campeonatos e torneios de futebol pelo mundo inteiro. Sabe-se mesmo que a SportTv e a SkySports estão interessadas em comprar os direitos televisivos dos campeonatos bálticos à Eurosport.
A FIFA está pressionada para rever o parágrafo referente ás invasões.

P.S.: Por motivos óbvios esta nova lei de promoção do espectáculo, poderá apenas comtemplar os campeonatos seniores.

posted by Dimitri Apalpamos @ 1:51 da manhã,




06 setembro 2004

Filosofia de pontas

Um dia, o grande filósofo, chegou-se à beira de um amigo, que lhe perguntou excitado:
- Sócrates, sabes o que acabei de ouvir sobre um dos teus estudantes?
- Espera um momento- respondeu Sócrates- Calma lá! Antes de me contares alguma coisa, queria fazer-te passar por um pequeno teste. Chama-se o teste dos três filtros!
- Três filtros?
- Isso mesmo!- Replicou Sócrates- Antes de contares alguma coisa sobre o meu estudante, talves seja boa ideia filtrar o que tencionas dizer.
O primeiro filtro é A Verdade! Tens a certeza absoluta de que o que me vais dizer é verdade?
- Não...na realidade foi uma coisa que ouvi dizer e...
- Ah! Então não sabes se é verdade ou não. Vamos então tentar o segundo filtro. Aquilo que me vais contar sobre o meu estudante, é bom?
- Não, pelo contrário...
- Pois bem... Queres contar-me uma coisa desagradável e que não tens a certeza se é verdade, sobre o meu aluno. Podes ainda passar no teste, visto que são três perguntas e a última prende-se com a utilidade. O que me vais dizer sobre o meu aluno é útil para mim?
- Não. Nem por isso...
- Bem...se o que me ias contar não é verdade, não é bom nem sequer me é útil, então para quê contares-me?

Isto explica porque Sócrates era um grande filósofo e era tido em grande conta!

Isso também explica porque nunca descobriu que o Platão andava a comer a sua mulher.

posted by Dimitri Apalpamos @ 1:32 da tarde,




03 setembro 2004

Alguns pensamentos profundos

Já tive amnésia uma vez....ou duas!

Só preciso de uma oportunidade para provar que o dinheiro traz felicidade.

Toda a gente diz que sou muito crédulo....e eu acreditei.

Experiência é aquilo com que se fica quando tudo o resto se vai.

E se não houvessem perguntas hipotéticas?

Eu costumava ser indeciso, mas agora não sei.

A velocidade do tempo é de um segundo por segundo.

Será possível ser totalmente parcial?

Se nadar é tão bom para a linha, como é que se explicam as baleias?

Mostrem-me um homem com os pés bem assentes na terra, e eu vos mostrarei um homem que não consegue despir as calças.

posted by Dimitri Apalpamos @ 11:13 da manhã,




02 setembro 2004

Para os palonços que não perceberam o último post, o Zarolho expilica:

Estava um bêbedo num bar - ó xefazfavor, era maizuma xervejinha pá viagem...
O empregado - Cerveja Superbock não tá fresca....
- Orentão venha de lá uma Sagres....
O bêbedo pagou logo ali ao balcão, e veio a beber, nos intervalos dos tombos, para a rua. Num dos balanços que o asfalto deu, o bêbedo caiu na valeta e aí ficou.
Ia a passar um gajo, que para seu espanto vê o biltre caído na berma, de cú para o ar. Sem rodeios, tratou de sacar do bicho para fora e toca de enrabar a bela adormecida. Quando acabou, deixou-lhe uma nota no bolso.
Quando acordou, o bêbedo levantou-se e reparou que estava com 10 euros a mais! Voltou para o bar - Uma Super Bock geladinha, faz favor..
- Olhe, responde o empregado - pus agora mesmo no congelador e ainda não estão frescas. Só Sagres.
- Pode ser - Bebeu mais umas quantas. O suficiente para sair outra vez de rastos do bar. O chão continuava torto e o anormal foi cair exactamente no mesma valeta.
O outro, à vinda passou pela avestruz e exclamou - olha o meu amigo...ainda por aqui? se calhar é melhor aproveitar - e pimba! arrefinfa-lhe mais uma berlaitada naquelas nalgas. Também como da primeira vez, deixou-lhe uma nota de dez euros no bolso.
Mais um bocado, o bêbedo levantou-se e com mais dez euros no bolso voltou para o balcão.
O empregado - Mais uma cervejinha?
Sim, mas se calhar é melhor vir a Super Bock.
Mas estão quentes...
Pois...mas as Sagres fazem doer no cú.

P.S.: Mas fiquem sabendo que é a última vez que explico uma piada. Ridículo....explicar piadas...

posted by Dimitri Apalpamos @ 2:09 da tarde,




Depois de ver aquele novo anúncio, em que um indivíduo prefere uma Sagres à Daniella Cicarelli, fica por colocar uma questão:

A Sagres não era aquela que fazia doer no cú?

posted by Dimitri Apalpamos @ 12:01 da manhã,




01 setembro 2004

As mães dos que fizeram história

A mãe do Colombo:
"Quero lá saber o que tenhas descoberto. Mesmo assim podias ter escrito."

A mãe do Miguelângelo:
"Será que não podes pintar nas paredes como uma criança normal? Sabes o difícil que é andar a limpar o tecto?"

A mãe do Napoleão:
"Muito bem, se não tens o boletim das notas escondido dentro do casaco, mostra a tua mão."

A mãe do Einstein:
"É uma fotografia de final de curso. Será que podias pentear-te? Ao menos põe um bocado de gel."

A mãe do Thomas Edison:
"Sim, sim, Estou muito orgulhosa de ti por teres inventado a lâmpada, mas agora apaga-a e vai-te deitar."

posted by Dimitri Apalpamos @ 11:53 da manhã,




O Zarolho ensina:

CURIOSIDADES DA IDADE MÉDIA


Naquele tempo, a maioria das pessoas casavam-se no mês de Junho (início do Verão), porque, como tomavam o primeiro banho do ano em Maio, em Junho, o cheiro ainda estava mais ou menos... (mais para menos.......-argh!!!!) Entretanto, como já começavam a exalar alguns "odores", as noivas tinham o costume de carregar bouquets de flores junto ao corpo, para disfarçar. Daí temos em Maio o "mês das noivas" e a origem do bouquet.

Os banhos eram tomados numa única tina, enorme, cheia de água quente. O chefe da família tinha o privilégio do primeiro banho na água limpa. Depois, sem trocar a água (repara só que lindo!), vinham os outros homens da casa por ordem de idade, as mulheres, também por idade e, por fim, as crianças. Os bebés eram os últimos a tomar banho, portanto! Quando chegava a vez deles, a água da tina já estava tão suja que era possível perder um bebé lá dentro. É por isso que existe a expressão em inglês "don't throw the baby out with the bath water", ou seja, literalmente "não deite fora o bebé juntamente com a água do banho", que hoje usamos para os mais apressadinhos...

Os telhados das casas não tinham forro e as madeiras que os sustentavam eram o melhor lugar para os animais se aquecerem: cães, gatos e outros animais de pequeno porte como ratos e besouros. Quando chovia, começavam as goteiras...os animais pulavam para o chão. Assim, a nossa expressão "está a chover a cântaros" tem o seu equivalente em inglês em "it's raining cats and dogs". Para não sujar as camas, inventaram uma espécie de cobertura, que se transformou no dossel.

Aqueles que tinham dinheiro, possuíam "loiça" de estanho. Certos tipos de alimentos como o tomate, oxidavam o material, o que fazia com que muita gente morresse envenenada - lembrem-se que os hábitos higiénicos da época não eram lá grande coisa... Daí que durante muito tempo o tomate foi considerado como venenoso. Os copos de estanho eram usados para beber cerveja ou uísque. Essa combinação, por vezes, deixava o indivíduo "k.o."(numa espécie de narcolepsia induzida pela bebida alcoólica e pelo óxido de estanho). Quem passasse pela rua pensava que o fulano estava morto, recolhia o corpo e preparava o enterro. (mai nada!) O "defunto" era então colocado sobre a mesa da cozinha (que linda ideia, não?!) por alguns dias (DIAS?!) e a família ficava em volta, em vigília, comendo, bebendo (na boa vida é o que é!) e esperando para ver se o morto acordava ou não. Daí surgiu a vigília do caixão ou velório, que em inglês se diz Wake, de "acordar".

A Inglaterra é um país pequeno, e nunca houve espaço suficiente para enterrar todos os mortos. Então, os caixões eram abertos, os ossos retirados e encaminhados ao ossário e, o túmulo era utilizado para outro infeliz (Pessoal, isto é Reciclagem!!). Por vezes, ao abrir os caixões, percebiam que havia arranhões nas tampas, do lado de dentro, o que indicava que aquele morto, na verdade, tinha sido enterrado vivo. Assim, surgiu a ideia de, ao fechar os caixões, amarrar uma tira no pulso do defunto ( ahahahahahaha adoro esta!!!), tira essa que passava por um buraco no caixão e ficava presa a um sino. Após o enterro, alguém ficava de plantão ao lado do túmulo durante uns dias. Se o indivíduo acordasse, o movimento do braço faria o sino tocar. Assim, ele seria "saved by the bell", ou "salvo pelo gongo", como usamos hoje.

posted by Dimitri Apalpamos @ 10:52 da manhã,