<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5923387\x26blogName\x3dO+Zarolho\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttps://ozarolho.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://ozarolho.blogspot.com/\x26vt\x3d-5507826134421506364', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

O Zarolho

09 junho 2006

Aprender a Matemática

Vocês não se apercebem, porque só querem ver os Morangos com Açúcar e a Floribela, mas a toda a hora estão a usufruir dos benefícios da Matemática. A matemática está em todo o lado e é a base que permite os cientistas fazerem as coisas que todos os dias usam. No entanto não nos preocupamos e nem sequer pensamos em como essas coisas são feitas.

Por exemplo, quando usam uma simples calculadora. Vê-se os números e tal, mas alguma vez pararam para pensar como tudo isso é possível?
É isso mesmo: Há minúsculos matemáticos lá dentro a fazer contas de cabeça.

O mesmo se passa com as caixas Multibanco. Quando aparece no ecrã “Dirija-se ao Multibanco mais próximo”, é só porque têm vergonha de dizer “Desculpe, mas os nossos matemáticos foram à casa de banho e não podem contar o dinheiro para lhe dar sem antes lavarem as mãos.”

Como vêem, a Matemática tem um papel fundamental nas nossas vidas, mas o seu conhecimento por parte dos Portugueses é praticamente (e vou usar um termo matemático), zero. Não sou eu que o digo e sim o Ministério da Educação. A Matemática é tradicionalmente a maior "dor de cabeça" dos alunos portugueses, cujos resultados são dos mais baixos da União Europeia.

Vamos fazer um pequeno questionário e testar alguns conceitos matemáticos.
Verifique se os termos Maior, Menor, Mais e Menos nas seguintes frases foram correctamente aplicados:

1. O Manoel de Oliveira é Mais velho do que o rascunho da Bíblia.

2. Segundo a Igreja, o uso do preservativo é um mal Menor.

3. Temos equipa para chegar, pelo Menos aos quartos de final do Mundial de futebol.

4. A Maior parte dos deputados trabalha que nem uns Super-Homens.

As respostas certas são:

1. FALSO. Mas por pouco. Por mais ou menos uma semana e meia apenas. Há quem acho o contrário, mas não. O Mário Soares, esse sim. Há quem diga que era ainda um adolescente na escola primária quando ajudou a passar a limpo os textos sagrados.

2. VERDADEIRO. Tira-lhes um bocadinho a sensibilidade mas há párocos que até já se habituaram. Alguns até se gabam que lhes melhorou a vida sexual.

3. VERDADEIRO. Se O Especial o diz é porque deve ser verdade. O Scolari ter dito o mesmo não abona a favor da afirmação mas... Devíamos perguntar ao Vítor Baía para desempatar.

4. FALSO. Assim a olho nú pode parecer que não existe diferença, mas não! De facto existe, porque este questionário só contempla pessoas com trabalhos a sério como salvar pessoas de aviões em queda ou comboios em movimento desenfreado. Já agora aproveito: Obrigado Clark.

Se acertou em uma ou duas respostas apenas, não fique triste. Está ao nível de um qualquer adolescente Português de estatura média que acha que os Morangos com Açúcar são verdade e que as pitas vão para a escola assim vestidas como quem vai para a boate.

Se acertou em três ou quatro respostas deve ser uma besta de um génio com um considerável metro e vinte de altura, que à partida devia saber que este teste é uma grande treta.

Está pois provado que a apetência para a Matemática é um problema gigante para gente pequena e que não há solução à vista. Nenhum “Plano” nos vai tornar mais pequenos do que somos, porque é sabido que a altura média dos Portugueses está a aumentar todos os anos. E não podemos pedir às mulheres Portuguesas para, a partir de agora, apenas procriarem com anões.
Apenas temos que tentar não aborrecer os poucos emigrantes inteligentes que estão nas nossas calculadoras.

posted by Dimitri Apalpamos @ 4:35 da tarde,




<< Home