<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5923387\x26blogName\x3dO+Zarolho\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttps://ozarolho.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://ozarolho.blogspot.com/\x26vt\x3d-5507826134421506364', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

O Zarolho

04 maio 2007

Como eu, mas não eu.

Tenho um certo problema com algumas mulheres. Bem não sei se pode ser considerado um problema. O problema não é elas não gostarem de mim. Não nem por sombras. Elas adoram-me....mas como amigo.
Não sei quantas vezes ouvi dizer: sabe mesmo bem, estar contigo. És um bom ouvinte. E querido...e amoroso...e blá blá blá. Quem me dera arranjar um namorado exactamente como tu.
???? Corrijam-me se estiver errado, mas assim normalmente como quem não quer a coisa, eu acho que sou bastante como eu. A resposta costuma ser “Bem...como tu, não tu. Não penso em ti desse modo.” (Toma que é para aprenderes)

Amigos, aviso-vos. Mal elas começam a não pensar em vós desse modo, começam também a sentir-se à vontade para falarem de tudo à nossa frente. Uma vez estive com três mulheres (ah ah ah....sei o que pensaram. Não foi assim desse modo, infelizmente). Três mulheres e eu, uma esplanada, elas uns borrachos e todas elas minhas amigas. Assim de repente a conversa muda de blá blá sapatos blá saias blá blá para Sexo! Começaram a falar de sexo à minha frente. Depois começaram a falar sobre há quanto tempo é que não o tinham. Elas falavam em termos de dias ou semanas. Eu se falasse, falava mais em termos de...mandatos presidenciais, enfim.
Depois houve uma, mais arisca que me surpreendeu com um suspiro e um “Preciso mesmo de Sexo”. As outras duas responderam praticamente em coro “Eu também preciso. Eu preciso de sexo.”

Foi demais para mim e decido interromper a conversa “Senhoras, vocês podem não saber isto. Nunca fiz segredo disto mas percebo que andem muito atarefadas e não tenham reparado, mas... não se assustem... eu tenho um pénis. Ó meu Deus, querem ver...Isso deve querer dizer que sou um Homem! E querem saber mais? E melhor ainda? Eu sou exactamente como eu”.

Mas como sempre, elas querem um gajo como eu mas não eu. Portanto, até encontrarem acho que vão ter que se contentar com algo que é como um homem, mas que precisa de pilhas.

Tradução muito livre de um texto em “Bulmash.com”.

posted by Dimitri Apalpamos @ 11:40 da manhã,




<< Home